sábado, 19 de maio de 2012

Apóstolos e Profetas na Igreja



Apóstolos e Profetas

Recentemente Deus impingiu em meu coração sua dor em relação ao seu plano com a igreja. Quando comecei a pensar sobre este assunto fui constrangido em meu espírito, pelo tempo de desobediência crônica que estamos vivendo a séculos causando uma profunda tristeza no coração de Deus. Na sua Palavra Ele teve o cuidado de nos deixar descrito como deveríamos proceder e edificar sua igreja, porém substituímos seus ensinamentos por ensinamentos de homens e defendemos posições humanas sem mesmo olharmos para aquilo que o Senhor determinou.

Nas Escrituras encontramos o padrão exato da arquitetura e configuração funcional da igreja.

Vejamos:

1.      Deus projetou e estabeleceu que apóstolos e profetas devem estar em primeiro lugar na igreja. “A uns estabeleceu Deus na igreja,primeiramente, apóstolos; em segundo lugar, profetas...” (I Co 12:28a).

  2.      Então o Senhor enviou seu Filho Jesus que depois de ressuscitar e subir aos céus deu dons aos homens (entre eles apóstolos e profetas), para que o projeto de Deus se tornasse realidade. “Por isso, diz: Quando ele subiu às alturas, levou cativo o cativeiro e concedeu dons aos homens. Eele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas...” (Ef 4:8,11a).

3.      Os mistérios de Cristo foram então revelados aos apóstolos e profetas que vieram a existência. “Pelo que, quando ledes, podeis compreender o meu discernimento do mistério de Cristo, o qual, em outras gerações, não foi dado a conhecer aos filhos dos homens, como, agora, foi revelado aos seus santos apóstolos e profetas, no Espírito” (Ef 3:4-5).

4. Por serem portadores da revelação de Cristo, a igreja deve ser edificada sobre o fundamento dos apóstolos e profetas. “Edificados sobre ofundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular” (Ef 2:20).

Resumidamente podemos dizer que Deus “estabeleceu na igreja primeiramente apóstolos e em segundo lugar profetas” (I Co 12:28). Tendo o Senhor projetado e determinado a forma que a igreja deveria funcionar, Ele enviou seu Filho Jesus que deu dons aos homens para que o seu projeto se tornasse realidade. Assim, Jesus ao ressuscitar dos mortos e ascender aos céus “concedeu uns para apóstolos e outros para profetas” (Ef 4:8-11). Uma vez que os apóstolos e profetas foram trazidos à existência, o Senhor os deu a “revelação dos mistérios de Cristo” (Ef 3:4-5) e a igreja iniciou sua existência edificada “sobre o fundamento” destes (apóstolos e profetas) como um “edifício bem ajustado, crescendo para santuário dedicado ao Senhor” ((Ef 2:20-21).
Todavia, com o passar dos tempos o homem mudou a arquitetura estabelecida por Deus, e por séculos operou com base naquilo que foi instituído pelos homens. Os apóstolos e profetas foram deixados de lado e os pastores ocuparam seus acentos juntamente com os bispos, substituindo os apóstolos na primazia da igreja. Instituições foram fundadas, seminários foram criados, faculdades foram formadas, igrejas foram instituídas e todos, sem exceção, durante séculos, ensinaram aquilo que foi inventado pelo homem, substituindo o projeto original de Deus por um modelo humano.

Através do Didaquê (ensinamentos escritos entre 60 e 90 dC) vemos que o ministério apostólico não terminou com a morte dos apóstolos bíblicos, mas continuou ativo através de outros apóstolos que continuavam atuando normalmente na igreja. Todavia, através dos escritos de Clemente de Roma para a igreja de Corinto (95 dC) e das cartas de Inácio de Antioquia (67-110 dC), vimos que o projeto original de Deus já estava contaminado desde o final do primeiro século quando os bispos tornaram-se os sucessores dos apóstolos.

Assim, desde o início do segundo século vivemos numa disfunção institucional na igreja. Os ministérios fundacionais de apóstolo e profeta foram extintos da igreja e ela perdeu sua força e seu ímpeto. Quanta paciência e misericórdia o Senhor tem para com sua igreja por ela ter se desviado de seu padrão original e ter substituído o divino pelo humano!

Mas, graças a Deus que estamos vivendo tempos de restauração e aquilo que era bíblico está sendo novamente sendo estabelecido conforme o plano original. Os apóstolos estão sendo levantados e reconhecidos por todo mundo e os profetas estão sendo ativado em seu ofício.

Apostolo Ricardo Wagner - Rede Apostólica Cristã.


Palavras do Pr. Apostólico Célio Roberto:

"Este é o tempo em que Deus esta restaurando a sua igreja, através dos fundamentos apostólicos e proféticos, para que verdadeiramente a igreja de Cristo caminhe não mais segundo as suas vontades, mas sim, segundo a vontade do Pai que esta nos céus. O desejo de Deus hoje é fazer com que o seu povo viva segundo os modelos e padrões celestiais! "

Nenhum comentário:

Postar um comentário